sábado, 13 de março de 2010

NA VENEZUELA...

En Venezuela, un niño regresa de la escuela a su casa, cansado y faminto y
le pregunta a su mamá

- Mamá, que hay de comer?

- Nada, mi hijo.

El niño mira hacia el papagayo que tienen y pregunta:

- Mamá, por qué no papagayo con arroz?

- No hay arroz..

- Y papagayo al horno?

- No hay gas.

- Y papagayo en la parrilla eléctrica?

- No hay electricidad.

- Y papagayo frito?

- No hay aceite.

El papagayo contentísimo gritó:

PUTA QUE LO PARIÓ, VIVA Hugo Chavez!!!

PREMIO NOBEL DA AULA DE DEMOCRACIA PARA LULA

Trecho de artigo publicado no Jornal El País- Espanha


Os presos políticos não existem nas democracias. Em nenhum país verdadeiramente livre, alguém vai para a prisão por pensar diferente. Cuba pode fazer todos os esforços de oratória que deseje para vender a idéia de que é uma “democracia especial”, porém cada preso político nega na prática esta afirmação. Cada preso político é uma prova irrefutável de autoritarismo.


Estou consciente de que ao fazer estas afirmações me exponho a todo o tipo de acusações por parte do regime cubano. Me acusarão de imiscuir-me em assuntos internos, de desrespeitar a sua soberania e, quase com certeza, de ser um lacaio do “império”. Sem dúvida, sou um lacaio do império: do império da razão, da compaixão de da liberdade. Não vou eximir-me quando se vulneram os direitos humanos. Não vou calar-me quando a própria existência de um regime como Cuba é uma afronta à democracia. Não vou calar-me quando se põe em cheque a vida de seres humanos, para defender uma causa ideológica que prescreveu há anos. Tenho vivido o suficiente para saber que não há nada pior do que ter medo de dizer a verdade.


Óscar Arias, Presidente de Costa Rica.
Prêmio Nobel da Paz - 1987

É DOZE!É DOZE! NEM MAIS,NEM MENOS!

A Veja está chegando com uma denúncia-bomba. João Vaccari Neto, o tesoureiro do PT e homem do dinheiro da campanha da Dilma, cobrava 12% de comissão dos fundos de pensão, para campanhas do partido. Testemunha, em delação premiada, confirmou tudo à PF e à PGR. É o que Diego Escosteguy, repórter da revista, informa no Twitter.

Seguidores

Arquivo do blog