domingo, 21 de novembro de 2010

Locupletemo-nos todos

“Do contrário, o Ministério Público Federal teria de ajuizar inúmeras ações contra os administradores e membros dos Poderes Legislativo, Executivo e Judiciário, e até mesmo do próprio Ministério Público, que, notoriamente, transitam em carros luxuosos e usam instalações dignas de reis e rainhas”.

Hamilton de Sá Dantas, juiz que absolveu Timothy Mulholland, reitor da Universidade de Brasília, acusado de desvio de recursos e má gestão, capaz de torrar R$ 470 mil tungados dos cofres públicos só na decoração do apartamento funcional, explicando que, como meio mundo anda roubando, ol Judiciário deve optar pela primeira alternativa da frase famosa de Stanislaw Ponte Preta: “Ou todos nos locupletamos ou restaure-se a moralidade”.
Augusto Nunes

*Não queiram nos tirar isso!Os juros maiores do mundo são nossos!

*Só me falta ser crucificado.(Lulas Ignácio l)

*O trânsito continua matando como nunca.Não adianta fazer campanha para asnos.

* Com quantos uísques de faz um discurso?

*Tortura cometida por gente de direita é condenada,quando feita por amigos esquerdistas não.Que moral é essa?

*Para derrotar um gigante é preciso que os pequenos se unam.Ou teremos entre nós um Davi?

Seguidores

Arquivo do blog