terça-feira, 11 de janeiro de 2011

Histórias

Foto

A calva avança

A bronca do deputado federal Arnaldo Faria de Sá (PTB-SP) ocorreu logo após a derrota tucana na disputa presidencial de 2002, mas permanece atual. Para ele, o ex-governador paulista José Serra não é mesmo do ramo: - Serra pensa que foi eleito presidente. Se ele não aprender a fazer política, vai perder o resto dos cabelos que tem. (Cláudio Humberto)


Colado na rapadura

Nem só Lula tem dificuldades de largar a rapadura. No dia da posse de Dilma, o megalonanico ex-chanceler Celso Amorim se incluiu na fila de autoridades que receberam cumprimentos dos dignitários estrangeiros.
(Cláudio Humberto)

Quando não saber nada é muito

O ministro Paulo Bernardo (Comunicações) fez do chefe de gabinete Genildo Albuquerque, secretário de Comunicação Eletrônica. Advogado, entende tanto rádio e tevê quanto de física nuclear: nada.

Pacto

Sandro Mabel (PR-GO) propôs ao deputado Aldo Rebelo (PCdoB-SP) um pacto: quem perder a disputa para presidir a Câmara, apóia o outro. Para o presidente da Câmara, deputado Marco Maia (PT-RS), uma aliança entre Mabel e Rebelo abriria as portas do inferno.

Heil bosta!

Não sei como os alemães levaram a sério um homem como Hitler.Bigodinho ridículo,mente doentia.O uso da força contra inocentes levada ao extremo.

Seguidores

Arquivo do blog