segunda-feira, 14 de fevereiro de 2011

Estão querendo fritar o "Alma"

Já começou a esquentar a bunda do amiguinho de Lula no Irã.Espero que logo tenha o rego sapecado e cai fora.Chega de governos bandidos!

Votastes no Cabral?Leva que é teu!

Em nome da alegria e do turismo, a prefeitura do Rio liberou R$ 3 milhões para escolas de samba incendiadas. Já o hospital Pedro II, na Zona Oeste, está fechado há três meses, após pegar fogo.

Pelos atos e pelo trote deve calçar ferraduras

Mulheres, anotem este nome: deputado André Vargas (PT-PR). Quer uma Frente Parlamentar Brasil-Irã, de relevância zero, para bajular o regime do maluco Mahmud Ahmadinejad, que sufoca as liberdades e maltrata mulheres, condenando-as até à morte por apedrejamento.
CH

Sufocante

Muitos automóveis,pouco espaço.Muita irritação,tensão e pouca tesão.Os nervos matam e brocham!

Macumba não!

Placa na empresa em São Bernardo: "Se eu souber que alguém daqui fez macumba pra prejudicar meus pensamentos, vou fazer esse aprendiz de Harry Potter comer atabaque e sair som pelo umbigo. Conto com todos. Assinado: Gervásio".
JS

Virgens

Em Olinda tem o Bloco das Virgens de Verdade! Não vai ter ninguém. Nem pra segurar a faixa!
JS

Deu pro Hosni também!É um caminhão de gelo!


Kibeloco

Kibeloco

Encantador

Apesar do jeito sério e do tom grave de seus pronunciamentos, o senador Jarbas Vasconcelos (PMDB-PE) acabou se transformando numa espécie de ídolo suprapartidário, no Senado, graças à reputação de encantador de misses. No auge da fama, Jarbas deixou os colegas particularmente embevecidos com o fato de ter sido nele inspirado, o enredo do impagável bloco carnavalesco “Siri na Lata”, do Recife. E ainda fingia contrariedade, nas rodas de senadores, com o “concurso” para musa do bloco, em que a vencedora ganharia “a faixa, o cetro e ...o coroa”.
CH

No restaurante...

Sponholz

Aviso prévio

Após a votação do mínimo de R$ 545 e a depender do comportamento do PDT na câmara, o ministro Carlos Lupi (Trabalho) pode dançar.

Igreja cara

Dízimo do PT cresce 700% na Era Lula.Assim eles incham a máquina para aumentar a arrecadação.E adivinhe quem paga?

Seguidores

Arquivo do blog