terça-feira, 14 de junho de 2011

Para melhor nos afanar é melhor não simplificar

O emaranhado é grande.Não existe simplificação das normas;procedimentos fiscais e tributários mudam todos os dias.Cada área tem seus especialistas para poder dar conta das mudanças.E já está sendo preciso criar especialistas para explicar o que dizem os "especialistas."

"A próxima mulher no governo Dilma tem tudo pra ser Mãe Dináh.Falar abobrinhas ela já sabe."

"O homem inventou o riso para poder suportar seus parentes."

“Empregada não!Sou Assessora para Poeiras e Detritos.”(Valéria-Zorra Total)

Climério não está acreditando na Ideli

“Ideli diz que será afável na abordagem com o Congresso.Ela diz.Mas sei que já encomendou uma caixa com luvas de cactus e uma capa com pregos,especial para tapinhas nas costas.”(Climério)

“Luiz Sérgio diz que muda de trincheira ao assumir Pesca.Pelo jeito vai matar todos os peixes a bala.”

Peixe$

O orçamento para o Ministério da Pesca só aumenta.Mas a produção de pescado em nosso país anda estagnada.Mas também não poderia ser diferente;colocam para cuidar da área gente que só sabe fazer polenta e que conhece peixe apenas no balcão do supermercado.

Está usando pilhas novas?

Ideli já conversou demais sobre estar agora mais  amável,conciliadora etc.Mais ação e menos papo.Vamos ver na prática isso tudo.Afinal,ela é ministra ou papagaio de pirata?

Seguidores

Arquivo do blog