quinta-feira, 4 de agosto de 2011

"Estamos cercados indiada buena!De um lado uma grande quadrilha,do outro lado uma multidão de interesseiros."

Cidade fantasma

“Todo tratamento tem de ser isonômico. Pau que dá em Chico também tem que dar em Francisco. Mas, se for demitindo todo mundo por causa de matéria de jornal, daqui a pouco o Palácio do Planalto vai estar desocupado”.

Magno Malta, senador do PR do Espírito Santo, lembrando que o Palácio do Planalto também está atulhado de prontuários e ao mesmo tempo reconhecendo que, se a onda de demissões que despovoou o Ministério dos Transportes se estender a todos os prédios do governo que abrigam corruptos, Brasília vai virar uma cidade fantasma.
Sanatório Geral

"O governo Dilmista é pródigo em incompetentes e gente feia,sem falar de outras coisas."

"Com pelo ou sem pelo, Adriane Galisteu pode trabalhar lá em casa."(Climério)

Descoberta da NASA

A NASA encontrou em Marte uma ruínas de uma antiga civilização.Na entrada das ruínas uma placa:
"Aqui governou o PT e seus aliados.Vejam só no que deu."

"Petista é o sujeito que não sabe distinguir o banheiro da sala.Por isso faz cagada em qualquer lugar."

"Filho,se o seu pai for político e disse pra você que ficou rico trabalhando,acredite!"

O Curso do Perfeito Companheiro

A direção do PT informou que examina a ideia de submeter os recém-chegados ao partido a “cursos de formação”. Como a coisa está em seu começo, nosso Walter/Cwb resolveu facilitar a vida dos companheiros e já sugeriu seis itens que não podem ficar fora das salas de aula:

1) Como mentir em público

2) Como locupletar-se com dinheiro público

3) O sindicalismo amestrado e o futuro

4) Confecção de dossiês

5) A virtude da hipocrisia

6) Método Ronaldinho de Enriquecimento Rápido de Filhos

O timaço de comentaristas precisa completar o que o Walter começou com a tarefa coletiva de agosto: a montagem da lista de cem tópicos indispensáveis a um Curso de Formação do Perfeito Companheiro (Cufopeco). Ao trabalho, amigos.
Augusto Nunes

Voto em branco

Dois mulatos disputavam o governo da Bahia, em 1947: Otavio Mangabeira (UDN) e Medeiros Neto (PTB). Certa vez, Mangabeira fez comício em uma cidade onde, horas antes, estivera o adversário. Depois que ele falou, um gaiato gritou a provocação, no meio da praça:
- Ouvi seu discurso, o do Medeiros Neto e decidi: vou votar em branco!
Mangabeira olhou para a cor de sua pele, no braço, depois para o cartaz de Medeiros Neto e devolveu, arrancando gargalhadas:
- Vai ser difícil!...

Mega

Usaram tanto a expressão MEGA para dar força a liquidações,eventos etc. ,que ela acabou perdendo sua força.Hoje ninguém mais liga.

"Se os jovens brasileiros lessem o tanto quanto bebem,teríamos uma nação de cultos."

Seguidores

Arquivo do blog