segunda-feira, 26 de setembro de 2011

Sobre o uso da maconha na PUC

"Não somos baderneiros. Só queremos discutir a legalização da maconha. Afinal, não existiria produção cultural e acadêmica nesse País se não existisse a maconha",disse Marcel Segal, de 23 anos, aluno do curso de Comunicação e Multimeios da PUC-SP.
*Taí uma coisa que eu não sabia:que Machado de Assis era maconheiro.

"Quanto mais conhecemos os políticos mais necessitamos de sacos para vômito por perto."

"Seríamos insuportáveis se fossemos 100% sinceros."

"Ninguém está livre de ser traído.Então cai fora de fininho.Não seja, além de corno,fiasquento."

"Eulália não é minha irmã.Mas trabalha no mesmo ramo.(Climério)

Tropeçando em imbecis

Pois vivemos numa época em que alguns pensam demais e outros não estão nem aí.Não raciocinam sobre nada,vivem mas não deixam os outros viver.Estão no trabalho,nos bares,nas ruas.Usam o manto da arrogância pra esconder uma ignorância desmedida.Desconhecem educação,respeito ao próximo e às leis que regem o convívio civilizado.Pois assim está sendo,basta a gente sair de casa para tropeçar num imbecil.

O problema

"O problema do Brasil não são os corruptos. Corrupto segue sua vocação natural - como um rio segue sua corrente - a de ser corrupto.O problema é este povinho que os elege e reelege."
Janer Cristaldo

Medo de voar

"Ninguém tem medo de voar.Na verdade temos medo é de morrer." (Janer Cristaldo)

"Consegui me casar com um ricaço.Hoje sou uma puta de um só cliente."(Eulália)

Improviso

O governo Itamar Franco vivia uma crise com o Legislativo e Judiciário, por causa do reajuste salarial com base na URV, quando o presidente decidiu que seu ministro da Justiça, Maurício Corrêa, faria um pronunciamento em rede de rádio e tevê, usando um texto que já estava pronto. Corrêa ponderou que preferia falar de improviso. E ainda fez um gracejo: - Se eu falar alguma besteira, o senhor me demite... -
Você eu posso demitir – reagiu Itamar, encerrando o assunto – Mas a sua besteira seria indemissível.
CH

“Pelo jeito a faxineira do planalto anda com dor nas costas.Ou então o rodo quebrou.”

“Tenha cuidado! O dono de um cão nervoso é pior do que ele.”

Tapa na pantera

A ingratidão, essa pantera inseparável do poema de Augusto dos Anjos, assombra as noites solitárias de Lula, que se julgava imune ao esquecimento: ele agora anda a criticar ministros que pediu a Dilma para manter no cargo. Como Orlando Silva (Esporte), por exemplo. CH

"Em nossas cadeias só cantam pardais.Nossas leis protegem os curiós."

"Por onde anda o Muar Kadaffi?

Pois é.Já que nosso governo adora bandido estrangeiro poderia conceder asilo pra esse também.Mas minha ideia é pô-lo numa jaula dentro de algum zoológico.

Seguidores

Arquivo do blog