sábado, 28 de janeiro de 2012

Em Porto Alegre Dilma Rousseff ganha camisa do Inter

Se for pé-fria igual ao molusco o Internacional está perdido.

Diálogo de estadistas

“Não há cidade no mundo como o Rio, onde, em meia hora, você sai do trabalho e está de bermuda na praia.”

Sérgio Cabral, governador do Rio de Janeiro, para Dilma Rousseff, durante inauguração de uma creche em Angra dos Reis.

“O Rio e Paris, né?”

Dilma Rousseff, na réplica a Cabral, sem revelar ao companheiro se a praia que os parisienses frequentam fica às margens do Sena ou se o PAC já concluiu a transferência de Paris para o litoral.
SG

Ao gosto do freguês

“O PSD é um partido de centro, e tem convergência em alguns aspectos com o PT sim, tanto é que temos diversas alianças em diversos municípios brasileiros.”

 Gilberto Kassab, prefeito de São Paulo, explicando que o partido que não é de esquerda, nem de direita e nem de centro tem semelhanças com qualquer parceiro que fizer uma boa oferta.
SG

"No dia de hoje Lula sofreu um ataque de humildade e reconheceu finalmente que Jesus Cristo não é seu filho."

"A coisa pública já é mais coisa que pública." (Joelmir)
"Na minha família não temos mulheres gordas. Em compensação sobram  magras, peruas e putas."(Eulália)

"Meu país: pequenos homens, grandes cargos."

Ele, o vermelhão

Marco Aurélio Garcia, assessor internacional da Presidência, disse que não gosta do texto de Yoani Sánchez, a incansável blogueira cubana que luta pela democracia em seus país.
Seus anacrônicos neurônios têm gosto para os bilhetes de Lula e para os livros do autor de "Marli, meu travesti".

Seguidores

Arquivo do blog