quinta-feira, 8 de março de 2012

Globo News maltrata a língua pátria

Ontem, numa matéria sobre agressão entre garotas , os caracteres  apresentados pelo canal  Globo News socaram o portuga: as garotas "agridiram".

Miniconto- Karateca

O ginásio todo colorido, flâmulas gigantes enfeitavam o ambiente agitado. Os tatames limpos, prontos para os embates. Famílias empolgadas torcendo com entusiasmo por seus queridos filhos. O esporte nascido na ilha de Okinawa e que atrai praticantes e apaixonados de todas as idades, estava realizando um grande evento em minha cidade. Pais se esgoelavam incentivando seus filhos, que no tatame recebiam energia positiva do exterior. Empolgado pela festa bonita, entrei em transe e saí do meu corpo; encarnei Shungo Sakugawa na sua melhor forma. Bandidos imaginários avançaram sobre mim e foram derrotados com golpes certeiros, de uma técnica perfeita. Saltei degraus voando em câmera lenta e derrubei meia dúzia de adversários. Apliquei os mais diversos golpes fazendo arrepiar o pelo dos marginais. Foi tomado por uma enorme confiança e me senti o dono do mundo, invencível e possuidor de infinitas capacidades. O povo parava nas ruas para ver e carregar seu herói. Finalmente quando acordei dos geniais embates, estava caído no último degrau da arquibancada com duas costelas quebradas e um sorvete enfiado na cara.

Clima


Ainda sem um ministério para chamar de seu, os pedetistas comemoraram como nunca a derrota do governo no Senado. Para Paulinho da Força, a desgraça de Bernardo Figueiredo foi apenas o começo de uma sequência de derrotas que Dilma Rousseff sofrerá se não começar a fazer política. Diz Paulinho:
– O Planalto está colhendo o que plantou. Quem planta vento colhe tempestade. É só o começo.
Por Lauro Jardim

Deputados vibram


Até os petistas festejaram quando a notícia da desgraça de Bernardo Figueiredo no Senado chegou ao plenário da Câmara, no começo da noite de ontem.
Igualmente insatisfeitos com Dilma Rousseff, os senadores acabaram fazendo o serviço que os deputados receavam fazer. Quem tinha medo do troco de Dilma agora está rindo à toa.
A felicidade foi geral. Tinha deputado do PP dizendo até que iria levar Roberto Requião para jantar. Um peemedebista dá o tom:
– É que a votação foi secreta. Aí  o cabra vira macho.
Por Lauro Jardim

"Só os moribundos podem ser realmente ociosos”.(H. L.Mencken)

Observando Rita

Rita Lee,  a roqueira desbocada, antes musa do rock brasileiro agora está mais com jeito de "noiva cadáver".

Urubu na visita

A presença do ministro Celso Amorim (Defesa) nas comemorações dos 204 anos do Corpo de Fuzileiros Navais, nesta quarta (7) na ilha das Cobras (RJ), acabou se transformando em motivo de chacota entre os militares, e também de algum desconforto pelo suposto "mau presságio". É que, de acordo com o cerimonial militar, a bandeira amarela é hasteada assim que o ministro da Defesa chega a uma unidade militar. Mas, cumprido o ritual, verificou-se que logo um urubu pousou sobre o mastro, exatamente acima da bandeira que simboliza a presença do ministro. Apesar do olhar desconfiado do ministro Amorim, o urubu não foi adestrado por militares da reserva.

“Azarado. Quando finalmente encontrei a mulher da minha vida ela já estava com outro.”

“Tem muito marido por aí que mesmo não sendo cachorro anda na coleira. E só é pavoroso quando a patroa não está por perto.”

Questão sagrada

Apertada com doenças na família e dívidas de campanha, em fevereiro de 1990 já fazia um ano e meio que a então vereadora petista Irede Cardoso não pagava o “dízimo” cobrado pelo PT. Sem conseguir parcelar o débito, ela propôs entregar uma máquina de escrever como pagamento. A oferta foi prontamente recusada pelo tesoureiro do PT paulistano, Sílvio Pereira:
- A questão financeira é sagrada no PT. É um dos nossos poucos dogmas.
Quinze anos depois, Sílvio “Land Rover” Pereira seria protagonista de um escândalo de corrupção no governo Lula, que o afastou da direção do PT.
CH

Seguidores

Arquivo do blog