quinta-feira, 12 de abril de 2012

A liberdade é perigosa e temerária

Fina ironia...gostei!
Rodrigo Constantino, O GLOBO

Carta aberta à Anvisa.
Prezados burocratas iluminados da Anvisa, quem vos fala é o representante da ANTA (Associação Nacional de Tutela dos Abestalhados). Venho expressar nosso apoio às recentes medidas adotadas pela Anvisa, sempre em prol da proteção dos indivíduos. Sabemos como a liberdade é algo temerário e perigoso.

O ex-presidente estadunidense Reagan costumava dizer que o governo existe para nos proteger de terceiros, e ultrapassa seus limites quando tenta nos proteger de nós mesmos. Mas o que sabia este ator? Só porque foi um dos responsáveis pela queda do Muro de Berlim não quer dizer que ele saiba melhor que vós o papel adequado do governo. O sucesso de suas reformas liberais tampouco comprova alguma coisa.

Nós, da ANTA, sabemos como o indivíduo, quando exerce a liberdade de escolha, acaba escolhendo errado. Menos no momento da eleição. Neste caso isolado, uma luz divina costuma cair sobre as urnas, e mesmo (ou principalmente) os abobados acabam acertando. Bastou sair dali, entretanto, e a estupidez retorna com tudo, demandando vosso sapiente controle para protegê-los.

Exemplos não faltam. Onde já se viu alguém, por livre e espontânea vontade, fazer bronzeamento artificial? É arriscado demais! É verdade que o próprio sol pode causar câncer de pele. Também é verdade que nem todos usam a proteção solar adequada. Mas a Anvisa faz sua parte, não é mesmo? Se poder tivesse, a Anvisa até tamparia o sol. Todos ficariam mais seguros.

O que dizer dos remédios? Sabemos como brasileiro gosta de se automedicar. O brasileiro é tão ousado que é capaz de comprar até aspirina sem receita! Permitir que as farmácias coloquem à disposição dos clientes tais produtos seria irresponsável. É preciso dificultar a venda, colocando tudo atrás do balcão e exigindo mais farmacêuticos de plantão para avaliar cada minúsculo pedido.

E nada de unir farmácia com loja de conveniência, como fazem nos EUA. A pessoa quer comprar um sorvete e acaba saindo de lá com um antibiótico tarja preta! Banir remédios de emagrecimento também foi uma jogada de mestre. Alegam que alguns casos necessitam deste tratamento. Mas o que sabem os médicos?

Agora mesmo a Anvisa deu mais um grande passo na direção da saúde popular perfeita, ao proibir os cigarros com sabor. Qualquer um sabe que aqueles cigarros mentolados são a porta de entrada para os jovens no satânico tabagismo. O que? As estatísticas negam que há mais fumantes em países onde é permitido este tipo de cigarro? Não importa. Ainda assim é importante proteger o fumante de si mesmo. O governo não protegeria um suicida?

Dizem que os fumantes vão acabar comprando cigarros vagabundos no contrabando, mas aí já não é mais problema da Anvisa.

Mas aqui cabe uma crítica. A Anvisa foi tímida demais! Não basta banir o sabor. É preciso impor um sabor podre. Somente assim eles param de fumar e a saúde coletiva pode avançar. Escuto alguém afirmar que os nazistas tinham esta meta também, da higienização do povo. E daí? Nem tudo aquilo que Hitler queria era absurdo, não é mesmo? E não há ligação alguma entre tais metas ambiciosas e o regime totalitário que se seguiu, há?

Muitos são os que aplaudem vossas medidas, saibam disso. Temos sólidos argumentos. Por exemplo: a saúde universal paga pelo estado. Eis como vai a lógica: se todos pagam impostos para manter o SUS, então claro que é legítimo o governo cuidar da nossa saúde. Dando continuidade a esta lógica impecável, nós da ANTA achamos que o governo deveria impor exercícios físicos diários, pois o ócio é prejudicial à saúde. Cortar o sal, o açúcar, a fritura e a gordura parece o caminho natural a seguir.

Aproveitamos para sugerir outra medida, mas em voz baixa, pois é mais polêmica. Sabemos que os ungidos da Anvisa reconhecem que a saúde do corpo não é tudo que importa. A saúde da mente também é fundamental. E não podemos permitir que cada um escolha livremente o que ler. Um controle social da imprensa se faz urgente.

O Partido da Imprensa Golpista (PIG) chama isso de censura, mas não tem nada a ver. É apenas o governo clarividente e altruísta cuidando do povo, protegendo os súditos, digo, cidadãos, deles mesmos.

E para quem apresentar sinais de ansiedade com estas mudanças todas, basta o governo fornecer gratuitamente antidepressivos. Todos ficarão felizes.

Portanto, camaradas da Anvisa, sigam em frente com vossa luta pelo bem geral. E não liguem para aqueles poucos que vos acusam de fascistas. O povo deseja vossa tutela. A liberdade é um luxo desnecessário quando a saúde social está em jogo.

Marina Silva, Michel Temer e Lula com Deus

Marina Silva, Michel Temer e Lula  estavam num avião que caiu. Eles agora estão no céu, e Deus sentado no grande trono branco. Deus se dirige a Marina Silva primeiro.

-Marina, no que você acredita?

Marina responde:
 -Bem, eu acredito que devemos salvar as florestas do Brasil e do mundo, pelo bem da humanidade .

Deus pensa por um segundo e diz: "Ok. Venha sentar-se à minha esquerda."

Deus, então, aborda Temer. "Temer, no que você acredita?"

Temer diz: 
-Bem, eu acredito no poder do povo. Acho que as pessoas devem ser capazes de fazer suas próprias escolhas e que ninguém deve ser capaz de dizer a outra pessoa o que fazer.

Deus pensa por um segundo e diz: -Ok, isso parece bom. Venha sentar à minha direita.

Deus, então, decide abordar Lula. - Lula, no que você acredita?

-Eu acredito que você está na minha cadeira.

Na União Soviética comunista

Uma velha está num ônibus lotado e está com pacotes pesados.
Finalmente, alguém na frente dela dá um assento e assim ela fica aliviada.
 - Graças a Deus, diz ela.
Um homem no banco de trás dela fala:
-Desculpe-me companheira, você deve dizer "Obrigado Stálin, e não “Graças a Deus”.
 - Claro que você está certo, diz a velha, devemos dizer “Graças a Stálin’.
Mas fico pensando no que diremos quando Stálin morrer? 
 -Nesse caso eu acho que podemos dizer ‘ Graças a Deus “- diz o homem.

Lênin moribundo

Lênin está morrendo e falando com Stálin, seu
sucessor...
 “A única preocupação que eu tenho", diz Lênin, é esta: “será que as pessoas irão segui-lo?
O que você acha, camarada Stálin? "
"Eles vão", diz Stálin”, eles certamente o farão. "
"Eu espero que sim", diz Lênin, "mas e se o povo não seguir você?”
 “Não há problema", diz Stálin”, então eles seguirão você...

“Quase me casei com um bispo. Mas o bispo desistiu, pois teria que trabalhar.” (Josefina Prestes)

“Moro numa mansão enorme. Consigo tranquilamente esconder dois amantes.” (Eulália)

“O homem que mata a companheira que o despreza só tem amor pelo próprio pinto.”

Quantos muçulmanos são necessários para trocar uma lâmpada?

Nenhum, eles preferem se sentar no escuro e culpar os judeus.

O que devemos esperar do PT?

Talvez um pedido de desculpas...

“O PT faz de conta que realiza e o povo não faz de conta, acredita mesmo.”

“Não que não existam bons políticos. Mas eles ficam perdidos no meio do lixo.”

“O povo brasileiro ainda será extinto por tanto pagar impostos.”

Ladrões se proliferam como ratos: morre um, nascem dez.”

“Há mais gente bem-intencionada no inferno que no Congresso Nacional.”

“Gostaria que me recomendassem mais bons livros e menos receitas para emagrecer.”

“A vida é feita de altos e baixos e também de gordos e magros.”

Seguidores

Arquivo do blog