sábado, 21 de abril de 2012

“Meu apelido foi colocado por minha mãe depois que matei um tio de susto.” (Assombração)

“Escondo minha falta de beleza com barba, cabelos, bigodes é óculos escuros.” (Assombração)

“Nunca fui chamado de bonitinho. O máximo que consegui foi ser chamado de ‘feinho’.”(Assombração)

“Meu primeiro dia na escola foi terrível: a professora pediu se eu podia tirar a máscara.” (Assombração)

Criança feia

“Fui uma criança muito feia. Minha mãe queria me vender para um circo de horrores, mas minha avó não deixou. Preferiu me amarrar no quintal da casa junto ao cachorro. (Assombração)

“Se do pó viemos e para o pó retornaremos, Deus não deveria usar um aspirador?”

“Não espere amanhã para saber se você já é corno. Não viva angustiado, seja um corno consciente.” (Climério)

“Medo de mortos? Ora, nunca vi um morto matar ou roubar alguém.”

Seguidores

Arquivo do blog