terça-feira, 24 de abril de 2012

“Nem todo vivente que saracoteia é de alegria. Pode ser que colocaram pimenta demais no arroz com galinha.”

E adianta soberba?

“Sou apenas mais um. Se eu morrer amanhã o sol não irá se apagar.”

“Penso na morte para valorizar ainda mais o meu tempo por aqui.”

“Tenha dúvidas. Não deixe religiosos, pedagogos e políticos pensar por você.”

“Existem patrões justos... se você tiver um me avise.”

Miniconto- METAMORFOSE

METAMORFOSE
Não importava o sol abrasador que torrava os miolos. Não importava o odor terrível que emanava daqueles latões de lixo, tanto que até urubus passavam por perto usando máscaras. Mas Demétrio não se importava; lá estava todos os dias mexendo em tudo, catingando ele próprio mais que os restos ali depositados. Seu corpanzil há anos não sabia o que era a carícia das águas que não fosse da chuva. Carregava moscas pelo rosto todos os dias, como se fosse um lotação de insetos, sendo algumas também embarcadas nas orelhas. Vivia, comia e dormia na imundície, lugar mais sujo impossível. O corpo adornado de perebas já nem se importava mais. Assim foi por muitos e muitos anos. Porém um dia acordou sentindo-se estranho, muito diferente. Olhou para algumas ratazanas com segundas intenções. Estava dentuço e peludo. Tinha agora os gostos de um rato, bigodes de rato, orelhas de rato, dentes de rato, enfim, transformara-se num rato. Ao contrário do caixeiro- viajante Gregor Samsa, de Kafka, o Demétrio rato estava feliz. E assim continuou vivendo por mais alguns dias até ser comido por um gato esfomeado.

“Não queiram me converter. Sou um pecador crônico.”

“Meu pai não teve porcas e nem vacas, por isso minha iniciação sexual foi tardia.”(Climério) “

“Não rasgo dinheiro, mas beijo mulher feia.”

“O cúmulo da falsidade é um petista nascido no Paraguai.”

“Quem nunca chorou por amor, viveu, ou só passou por aqui?”

“Quando um homem é picado pelo poder, a vergonha que tem na cara desce ladeira abaixo.”

“Voto obrigatório é como você ter que escolher seu próprio carrasco.”

Aécio deu emprego para prima de Cachoeira a pedido de Demóstenes

Pelo que se ouve por aí, tudo o que o Cachoeira pedia, davam.

Histórias políticas- Longe é melhor

Jânio Quadros só perdeu no Maranhão, na disputa presidencial de 1960 com Henrique Teixeira Lott, graças ao apoio que o pesadíssimo marechal recebeu do cacique Vitorino Freire. Um pouco antes da eleição, um repórter perguntou a Vitorino: - Há perigo de o Jânio ganhar no Maranhão? Ele não precisou pensar muito para responder, convicto:
- Perigo existe. Basta que o Lott volte duas vezes ao Maranhão. Não voltou e venceu.
CH

Hugo Chávez telefonou à nação para desmentir que morreu

Só restou ao povo guardar os foguetes...

Vai dar samba

Pelo menos no quesito pagode ninguém irá segurar o Mengão. Com Ronaldinho e Adriano juntos não sei do futebol, mas com certeza vai dar samba.

Renasce a esperança para o Mengo

Renasce a esperança para o Flamengo: Ronaldinho fica!

Seguidores

Arquivo do blog