sexta-feira, 25 de maio de 2012

"No paraíso, a única cobra que tentava Eva era a cobra do Adão."(Mim)

"Quando é que Dilma irá vetar o Lula?"

"Sexta-feira : nada como arrumar uma grande ressaca pra curtir no sábado."

"Balada:sinônimo de saída para encher a cara."

Tutty Vasques


Delúbio Soares está disponibilizando a “Tabela do Brasileirão” em seu “Blog de Esportes”.
Se não for lavagem de dinheiro, francamente, não dá para entender.
-----------------------------------------------------------------------------------------------
Dilma Rousseff resolveu explicar aos líderes dos partidos de sua base aliada porque decidiu vetar vários artigos do novo Código Florestal:
“Não posso recusar um pedido da Camila Pitanga!”
-----------------------------------------------------------------------------------------------
Tá certo que o dia de ontem encheu as medidas, mas o paulistano precisa ter um pouco de paciência:
O governo está tratando de botar mais carros nas ruas, caramba!
Daqui a pouco ninguém vai precisar mais de metrô.
Relaxa, vai!

The Piauí Herald- Com 5% de obras prontas, Brasil sugere jogar 5% dos jogos

"Faz parte da minha genética, sempre fui habituado a trabalhar."

 Ex-presidente Lula contando lorotas ao jornal Público, de Lisboa.
CH

Brasil promete melhorar sistema carcerário durante encontro na ONU

Basta prender os  ricos delinquentes e os políticos corruptos que as condições carcerárias irão melhorar, já! Alguém duvida?

Para pensar

"Se elegemos viver entre bárbaros devemos suportar os bárbaros ruídos de suas bárbaras superstições, mas o imbecil que se senta e espera até a meia-noite para tocar um sino ou disparar um fuzil porque a terra chegou a um ponto determinado de sua órbita, deve ser considerado um inimigo da raça..." 
 AMBROSE BIERCE

"Nunca fui bom em matemática. Cálculos, só nos rins."(Climério)

"A economia vai bem. Mas o resto é uma privada."

Grandes revoluções

Grandes revoluções começam e terminam nos bares da vida. Normalmente com seus mentores bêbados e lambuzados de vômito.

“Devemos perdoar os gabolas. Nem todos possuem espelhos em suas casas”.

"Quando a justiça é omissa, o poder financeiro oprime."

“Existem algumas vantagens de se morar num iglu. Uma delas é que nunca faltará gelo para o uísque.”(Climério)

"Sua excelência Dra. Morte. A única juíza verdadeiramente justa."

“Conheço um sujeito tão pra baixo que não demora ele pisará na própria bunda.” (Mim)

Rapadura salgada

Manoel Gomes da Silva, o Gominho, trocou o MDB pela Arena na eleição municipal de 1976, em Princesa Isabel (cidade histórica da Paraíba), e foi candidato a vice na chapa de Sebastião Feliciano dos Santos, o Batinho, mediante a promessa de assumir no meio do mandato. Passaram-se quatro anos e o compromisso não foi cumprido. Na eleição seguinte, já rompido com a Arena e de volta ao MDB, Gominho tentava se justificar no palanque:
- Meus amigos, mais vale uma rapadura salgada do que uma promessa doce!

SANATÓRIO GERAL

AUGUSTO NUNES


“Conheço muitas lideranças desse país. A começar pelo ministro da Justiça e deputado José Eduardo Cardozo”.


Wladimir Garcez, ex-vereador pelo PSDB de Goiânia, comparsa e, no momento, vizinho de cela de Carlinhos Cachoeira, durante o depoimento à CPI, informando que, a exemplo dos antecessores Márcio Thomaz Bastos e Tarso Genro, o atual ministro da Justiça também convive harmoniosamente com casos de polícia.

“Não podia haver escolha melhor”.

Joseph Blatter, presidente da Fifa, sobre a escolha do Brasil para organizar a Copa do Mundo de 2014, garantindo que a crise conjugal que ameaçava o casamento celebrado em 2007 foi resolvida com o chute no traseiro.

“Na CPI, vir ele tem que vir. Mas se vai falar é outra história”.

Antonio Carlos de Almeida Castro, o Kakay, advogado de Demóstenes Torres, revelando que a parceria entre seu cliente e Carlinhos Cachoeira é tão afinada que, quando um perde a voz, o outro também emudece.

“É preciso dar mostras a todos que o Supremo Tribunal Federal não se curva a pressões e não decide ‘com a faca no pescoço’”.

Trecho de documento entregue ao STF por advogados dos réus do mensalão, pressionando os ministros com a citação malandramente incompleta da confissão feita por Ricardo Lewandowski, depois da sessão em foi aprovada a abertura de processo contra os quadrilheiros, durante uma conversa pelo celular ouvida por uma repórter da Folha:‘Todo mundo votou com a faca no pescoço. A tendência era amaciar para o Dirceu’.

“Não existe essa cogitação de delação premiada”.

Márcio Thomaz Bastos, advogado de Carlinhos Cachoeira, com a expressão preocupada de quem sabe que, se o pecador goiano contar o que sabe, terá de livrar da cadeia os quadrilheiros federais que mantém em liberdade desde que transformou o Ministério da Justiça no Departamento de Socorro Jurídico aos Bandidos de Estimação do Governo.

Seguidores

Arquivo do blog