sábado, 23 de junho de 2012

Miniconto- ESCARRO


ESCARRO
Antero sempre fora um porco. Naquela tarde escarrou pela janela sem se importar com quem caminhava pela rua. Limpou os beiços e voltou à poltrona. Sem demora sua porta veio abaixo e um sujeito barbudo deu-lhe um tiro na testa sem nada falar. Sabe-se apenas que levava catarro nos cabelos.

“O alcoólatra sempre procura algo para justificar seus goles. Os dois opostos são justificativas: tristeza ou alegria.”

“Antes de dar carne a um mendigo, veja se ele tem dentes.” (Pafúncio)

“Os modernos apóstolos de Cristo não se contentam com pouco. Labaredas infernais na ponta da língua e o bolso cheio.”(Josefina Prestes)

“Conde Drácula comparado ao nosso governo é um vampirinho vagabundo.” (Mim)

“O homem é um ser infeliz porque não tem rabo.” (Argo, o cão- Ítalo Svevo)

“Para tosquiar mensalmente milhões de ovelhas, os espertos safados capricham na oratória.” (Mim)

"O maior dos covardes, o pior dos canalhas, é aquele que se esconde atrás de um cargo ou função pública” (RRLeal)

"Se a corrupção é um câncer, o corporativismo é sua metástase” (RRLeal)

RS quer que Dilma negocie fim de protecionismo argentino

Não vai fazer. Acho que deveríamos anexar a Argentina. Colocaríamos o Messi na nossa seleção, o Maradona para cuidar na noite da dupla Ronaldinho/Adriano e a Larissa Riquelme presa lá em casa. A Cristina a gente daria de presente aos ingleses.

Paulo Maluf se sentiu agredido por abandono de Luiza Erundina

Luiz Inácio que lhe dê o ombro e uma caixa de lenços...

Seguidores

Arquivo do blog