segunda-feira, 23 de julho de 2012

TROCA JUSTA

Pedro Simon fazia campanha para o Senado, em 1978, em ritmo intenso. Seu suplente, Alcides Saldanha, pouco afeito àquela agitação, procurou a primeira poltrona confortável, numa cidade que visitavam e, exausto, desabou. Um gaúcho de bombachas e faca na bota não gostou:
- Sai daí, rapaz! Vamos para a rua! O que tu queres? Com olheiras e profundo cansaço, Saldanha entregou os pontos:
- Queria a suplência do Senado, mas troco tudo por um banho e cama.

GOZETA DE NOTÍCIAS- Dorival Júnior é apenas cotado para assumir o Flamengo e já comprou antidepressivos

GOZETA DE NOTÍCIAS- Participação de Lula na campanha de Haddad será definida após exame na língua

“Já estive entre os feios, agora estou no rol dos horríveis.” (Assombração)

“Quando dinheiro dos impostos aparece mais no papel, pode ter certeza de que estão nos roubando.” (Mim)

“Simplifique e viva melhor.”(Mim)

GOZETA DE NOTÍCIAS- Cesare Batistti é convidado para treinar a seleção penitenciária de Milão

GOZETA DE NOTÍCIAS- Dilma embarca amanhã para Londres e Lula derruba o beiço

GOZETA DE NOTÍCIAS- Brasil está ‘mornitorando’ a crise na Síria, garante Antonio Patriota

GOZETA DE NOTÍCIAS- Eike Batista recupera 1,5 bilhão de dólares com alta da LLX e volta a comer bife

GOZETA DE NOTÍCIAS- Joel Santana é demitido do Flamengo por treinar seus jogadores na língua inglesa

GOZETA DE NOTÍCIAS- Mico Leão anuncia apoio a Russomano em SP

Miniconto- O grande assalto

Por dias os ladrões espreitaram para entrar na casa dos Oliveiras. Fizeram revezamento no monitoramento. Hora de saída,hora de entrada,quantas pessoas,alarmes,câmeras e cães. Todos os passos dos proprietários foram devidamente acompanhados. Finalmente chegou o dia de invadir e roubar. Acalmaram os cães com medicamentos e desligaram com eficiência o sistema de segurança. Os três larápios entraram na residência cientes de fariam um grande trabalho; muita grana e jóias. Seria o golpe do ano, depois sim muita festa na praia. Tudo certo,armas empunhadas, entraram na casa para o assalto.Foram eles surpreendidos por mais de quarenta homens na sala, todos bem armados, sarados e nus, de membros devidamente eretos e cantando alegremente “O FIOFÓ DE VOCÊS É NOSSO”. 

Miniconto- Arzinho

Debaixo de frondosa árvore na praça, um velhinho de boca aberta olhava por horas o movimento dos automóveis que por ali circulavam. Pedi se ele estava com algum problema. Não, me disse ele, estou aqui dando um arzinho pros dentes.

“Lula vive, mas já não faltam viúvas.” (Mim)

“Um metafísico é um cego num quarto escuro à procura de um gato preto que não está lá, e um teólogo é o tipo que encontra o gato.” (Anônimo)

“Nada como um divórcio litigioso para alegrar advogados.”(Climério)

“Minha tia era uma mulher prática. Quando o gordo marido morreu, vendeu o corpo para uma fábrica de sabão.”(Limão)

“O coração do povo é de Jesus. Mas o dízimo vai pro Santiago, Edir, RR, Hernandez e outros.”(Limão)

“Meu amante só trabalha com pilhas novas.” (Eulália)

“Meu avô não trabalhou muito, mas fez vinte e quatro filhos.” (Climério)

Pavio curtíssimo

Adhemar de Barros estava sempre às voltas com repórteres e suas perguntas nem sempre compreendidas. Na campanha presidencial de 1960, durante uma coletiva, um jornalista perguntou se a sua candidatura, no fundo, não beneficiaria a de Jânio Quadros (UDN). Adhemar não suportou a provocação. Arrancou o microfone das mãos do repórter e afirmou:
- Primeiro, não permito que pronuncie o nome do demônio na minha frente. E depois, como médico, posso dizer que o senhor é um débil mental. E encerrou a entrevista.
CH

Segunda-feira

Hoje é segunda-feira, para muitos é o dia da dor de cabeça e também de São Engov.

“Cozinheira ruim, cachorro gordo.” (Mim)

Super-ricos brasileiros têm R$ 1 trilhão em paraísos fiscais

Se não for dinheiro que passou pela lavanderia, sem problema. Mas...

Dono do JBS gasta US$ 15 milhões na compra de iate

Com um compadre chamado BNDES, até eu...

FESTA NO PARAGUAI- Mercosul rejeita pedido para anular suspensão do Paraguai e seus dirigentes agradecem por não ter que aturar Chávez e Cristina Kirchner

Seguidores

Arquivo do blog