segunda-feira, 22 de outubro de 2012

Criação da alma, por Voltaire

...Pareceu-me ainda mais ridículo que Deus criasse uma alma no momento em que um homem deita com uma mulher. Pareceu-me blasfematório que Deus esperasse a consumação de um adultério, de um incesto, para recompensar essas torpezas criando almas em seu favor. E ainda pior quando me dizem que Deus tira do nada almas imortais para as fazer sofrerem eternamente incríveis tormentos. Como! queimar seres simples, seres que nada têm de queimável! 

Como faríamos para queimar um som de voz, um vento que acaba de passar? E ainda esse som, esse vento, eram materiais no breve instante da sua passagem; mas um espírito puro, um pensamento, uma dúvida? Isto me confunde. Para qualquer lado que me volte, só encontro obscuridade, contradição, impossibilidade, ridículo, sonhos, impertinência, quimera, absurdo, tolice, charlatanismo.

Voltaire

O perigo da prisão de ventre

...A prisão de ventre tem produzido às vezes as mais sanguinolentas cenas. Meu avô, que morreu centenário, era boticário de Cromwell; contou-me muitas vezes que fazia oito dias que Cromwell não ia à privada quando mandou degolar o seu rei.

OS OUVIDOS DO CONDE DE CHESTERFIELD E O CAPELÃO GOUDMAN
Voltaire


Sanatório Geral- Augusto Nunes


22/10/2012
 às 14:18 \ Sanatório Geral

Coerência é isso

“Em 1989 se estabeleceu neste país a ideia de que havia um candidato novo. E o povo votou no tal do novo para dirigir o país. O novo era o Collor e vocês sabem o que aconteceu”.

Lula, no comício em Diadema, defendendo a reeleição do prefeito petista Mario Reali (PT), minutos depois de pedir votos para Fernando Haddad em São Paulo “porque representa o novo”.
21/10/2012
 às 7:24 \ Sanatório Geral

Páreo duro

“É importante que todo mundo saiba que que o Geddel é uma coisa, e eu sou outra muito diferente, graças a Deus”.

Eduardo Paes, sobre o colega Geddel Vieira Lima, do PMDB baiano, sem esclarecer qual dos dois é pior.
21/10/2012
 às 3:24 \ Sanatório Geral

Dupla indecorosa

“Ou o Brasil se apercebe de que esses eventos são uma chance fantástica de catalisar, juntar esforços, de se erguer de forma distinta, ou a gente vai ter perdido a oportunidade de aproveitar esse calendário especial que nós temos. Vou ser mais politicamente incorreto aqui, eu ousaria dizer que, no caso da Copa do Mundo, o Brasil de certa forma já perdeu essa oportunidade”.

Eduardo Paes, prefeito reeleito do Rio, na segunda-feira, ficando de pé para criticar o ministro do Esporte, Aldo Rebelo.

“Se ele  falou sobre o Rio de Janeiro, falou sem conhecimento de causa, porque as obras lá, inclusive as do Maracanã, estão em dia. Se falou sobre o resto do Brasil, falou com maior desconhecimento ainda. Então, falou o que não devia sobre o que não sabia”.

Aldo Rebelo, ordenando a Eduardo Paes que voltasse a ficar de joelhos.

“Sou tão fã do Aldo Rebelo que nunca discordaria dele”.

Eduardo Paes, cumprindo a ordem do ministro.

Antigamente você fazia três refeições por dia?

Sim. Mas isto foi antes do nosso país ser governado por ambientalistas.

"O melhor, o bom, sempre é raro. O comum é inço.(Filosofeno)

“Ambientalistas irão treinar o povo para comer vento. Treinamento começa em janeiro.” (Climério)

“Apresentadores estilo Datena são o supra-sumo da embromação. Se eles são assim no momento íntimo, terminado o dia eles ainda estarão nas preliminares.” (Pafúncio)

“Foi atrás do confessionário que eu conheci o melhor amigo do homem.” (Josefina Prestes)

“As mulheres têm todo direito à felicidade. Mas então por que se casam?”(Filosofeno)

“Antes ser um leitor burro que um burro eleitor.” (Mim)

“Bato em alguns para acordá-los, não para machucá-los.” (Mim)

“Não fosse pelos velórios, muita gente iria embora desta e ninguém notaria.”(Filosofeno)

“Se não houvesse estrelas no céu teríamos mais novelas?” (Filosofeno)

“Para você que está de saco cheio, um conselho: cuidado onde irá esvaziá-lo!” (Mim)

“Minha filha irá cursar Veterinária para cuidar melhor do pai.” (Mim)

“O avarento poupa um dia após o outro. No fim da vida terá poupado tanto que não sobrou tempo para viver.” (Filosofeno)

“Quero ser cremado pelado e sem caixão. Qual é a diferença?” (Mim)

“Nóis que temo faculdade estamo por cima.”(Ela)

“Sou um intelectual formado pelo SOBRAL, a repescagem do MOBRAL. Portanto exijo respeito.” (Pafúncio)

Horário de verão já começou

Tem quem goste, eu detesto. Passo o dia todo com sono. Arre!

Após internação no RJ, Valcke tem alta e elogia hospitais

Com certeza ele  não foi internado pelo SUS. Bota ele na fila!

Medo do alto

Afonso Arinos de Melo Franco exercia o pior cargo para quem tinha pavor de avião: ministro das Relações Exteriores de João Goulart. Certa vez, ao concluir uma visita a Portugal, ele foi despedir-se do presidente anfitrião, Américo Tomás, que logo tocou no ponto fraco:
- O senhor gosta de avião?
- Não muito, excelência.
Ao invés de tranqüilizar o chanceler brasileiro, Tomás fez um comentário que o atormentaria durante toda a viagem de volta:
- É, enquanto eles voam lá em cima, as oficinas continuam cá em baixo...
CH

Seguidores

Arquivo do blog