terça-feira, 2 de abril de 2013

MOSCAS

MOSCAS
Duas belas moscas entraram no bar Veludo Azul e foram até o balcão. Pediram pão com mortadela e maionese. O dono do estabelecimento olhando para baixo disse rispidamente que não atendia moscas no seu bar. Elas então mostraram suas identificações: eram moscas da Vigilância Sanitária. Foram educadamente servidas e por isso não autuaram o dono, embora fosse bem imunda a espelunca.

“Entre Deus e Papai Noel fico com Papai Noel. Além de não querer nos mandar para o inferno ele ainda nos dá presentes.” (Mim)

“Não creio em Deus e muito menos nos padres.” (Climério)

“Sou tão ateu que nem para ver se está chovendo eu ergo minhas mãos para o céu.” (Climério, o podrão)

“Graças aos políticos e religiosos a arte da mentira é a que mais cresce no planeta.” (Filosofeno)

“Minha mãe foi extremamente irresponsável. Deu ao mundo este traste.” (Climério)

“Sou imperfeito. Mas será que preciso ser tão imperfeito assim?” (Climério)

"O único ataque do qual ainda tenho forças para participar é de um ataque de nervos."(Mim)

E Rose? Será que ela irá escrever um livro sobre suas viagens turísticas na companhia do descobridor?

O ANU- Maduro disse que Chávez transformado em passarinho cantou para ele

Porco numa vida, passarinho noutra. Faz sentido.

O ANU- Maduro diz que Chávez virou 'passarinho' e 'apareceu' para ele

Como é que gente vai fazer piada concorrendo com este mula?

O ANU- PEC das Domésticas será promulgada hoje em clima de festa no Congresso

O Congresso Nacional não é mesmo a CASA DO ESPANTO? As domésticas dos senadores e deputados foram convidadas? Ou a festa é só para os engravatados?

A GAZETA DO PASTO- Dilma finalmente quer mais água no Nordeste

Dilma quer água, quer votos...

PAPO DAS SEIS

PAPO DAS SEIS
Quase seis horas da tarde, e dona Zefa Fofoca estava na janela observando o movimento e destilando veneno na companhia de Jureminha Bunda-de-Tábua que vinha da venda e parou para um papo amigo. Falavam das coxas de fora da menina Matilde e da barriguinha esquisita da filha da Norma-Bucheira. O falatório desenfreado é lazer nas cidades pequenas. O conversê estava animado quando um ciclista gorduchinho passou pela calçada e sem querer passou com o rodado da bicicleta sobre a língua de dona Zefa, que no momento estava em repouso sobre a calçada. Foi para o hospital levada pelo SAMU. Jureminha ajudou a carregar a língua amassada. O ciclista fugiu.

PR retoma os Transportes- A faxineira caiu dentro do balde do PR. Menos de dois anos após tirar do partido o comando da pasta por corrupção, presidente Dilma Rousseff deixa a lógica eleitoral falar mais alto e recua.

“A Cuba dos irmãos Castro é o inferno multiplicado por dois.” (Cubaninho)

Tudo pelo social

Católico carismático, o ministro Gilberto Carvalho (Secretaria-Geral) passou a Páscoa na Tunísia, espera-se que por conta dele, no Fórum Social Mundial de 2013. Prometeu ajuda do Brasil contra a pobreza.
CH

Tuiteiros homenagearam ontem o ex-presidente com o “Lula Day”, no Twitter, citando frases célebres dele, como o famoso “não sei de nada”.

SAÚDE



Sponholz

Sponholz

TREINAMENTO

TREINAMENTO

Tarde de sábado. Sol quente, pouco movimento pelas ruas. Vera Lucia estava deitada sobre tábuas no porão aberto e fresco da grande marcenaria. Saia levantada, calcinha de lado e treinando o revezamento de vizinhos, no caso seis por um. Quando todos os atletas treinaram ela foi embora satisfeita, mas com a perereca ardida.

Bem não declarado

Prefeito de Araxá (MG), poeta e pensador, o saudoso ministro Olavo Drummond estava muito impressionado, nos idos de 1998, com o aperto imposto pelo Banco do Brasil aos agricultores endividados. Ao desabafar, produziu uma de suas frases geniais, que resumia o drama:
- Marido não chama mais a mulher de “meu bem”, senão vem o Banco do Brasil e toma.

RELINCHO DAS AMÉRICAS- Na Venezuela foram encontrados bichos comunistas dentro de Maduro

A GAZETA DO PASTO- Satanás contesta Feliciano na Justiça. Diz que não é santo, mas nunca foi deputado

A GAZETA VERMELHA- Coreia do Norte promete reativar todas as instalações nucleares

Lá se vai também o pão dos coreanos...

“O Brasil caminha. Mas aonde ele vai?” (Filosofeno)

Alguém sabe me dizer quando é que os nossos comunistas irão se mudar pra Coreia do Norte?

“Como dizia minha avó noveleira: eu gosto de frases com defeito.” (Climério)

Seguidores

Arquivo do blog