sábado, 1 de junho de 2013

VELHICE


“Não adianta viver cem anos e só fazer merda.” (Pócrates)

“Para tudo há um limites, até mesmo para gabolices.” (Limão)

“Muitas vezes quando esperamos pela verdade, ela é substituída por outra mentira.” (Filosofeno)

“Meus melhores amigos eram na verdade amigos do meu bolso.” (Limão)

“Meu amante só trabalha com pilhas novas.” (Eulália)

EL TAPIR- Enquanto o papel não chega, Maduro pede ao povo venezuelano que poupe nas palhas de milho

“Deus não consiste na força, mas na verdade...Qual verdade? Nada mais mentiroso.” (Filosofeno)

“Deus é como um funcionário público fantasma. Recebe o salário/ dízimo, mas nunca aparece no emprego.” (Climério)

“Todos em Cuba já sabem por que é que Fidel não vira defunto. Fidel não morre porque o inferno é aqui.” (Cubaninho)

“Logo hoje que eu estava esperando uma ligação de Deus cortaram o meu telefone fixo. Pra complicar o meu celular só recebe ligações do capeta.” (Mim)

“Não corto calos... Leonardo Boff não fala com árvores? Eu falo com meus calos; são de estimação.” (Pócrates, o filósofo dos pés sujos)

“A feiura tem encantos que a beleza desconhece.” (Filosofeno)

Novo escândalo de dólares na cueca vai chacoalhar Brasília

Meio milhão de dólares em duas cuecas. São muitos dólares para poucas cuecas.

Cientistas brasileiros querem estudar benefícios da cerveja

Sem benefícios já se bebe demais, imagine então com benefícios...

“Juventude e tesão juntos pisoteiam o juízo.” (Climério)

“Sábio é o homem que sabe engolir palavras.”(Filosofeno)

“Na casa do Senhor há muitas moradas... Sei, mas e o aluguel?” (Climério)

“O único lugar para se esconder da morte é dentro da vida.” (Filosofeno)

Solução esperta

Governador de São Paulo, Adhemar de Barros certa vez lotou o avião do governo com sua comitiva e jornalistas para ir um evento em Ourinhos. Na hora de retornar, enquanto se despedia, vários políticos penetraram no avião, deixando de fora quatro jornalistas e um assessor. Adhemar encontrou a solução num piscar de olhos: 
- Desçamos todos! Primeiro sobem os jornalistas, depois a comitiva.
Com os lugares ocupados, voltou-se para os políticos penetras e lamentou:
- Que pena, lotou. Passem bem, até a próxima.
E foi embora.

Acordou azedo? Lave a bunda com água fria. Um santo remédio!

Seguidores

Arquivo do blog