segunda-feira, 17 de junho de 2013

Durmam bem, em paz.Não para sempre, é claro. Até amanhã...

SUA LÁPIDE MERECE UM VERSO


NINGUÉM AGORA MAIS CHORA
POR ESTE SER ADORMECIDO
A VIÚVA FACEIRA NO BAILÃO
JÁ SE ESQUECEU DO FALECIDO.

SUA LÁPIDE MERECE UM VERSO


AQUI DESCANSA GELADO
ESTE DOM JUAN DE INVERNADA
ENQUANTO TEVE A COBRA DURA
FOI COMENDO A BICHARADA.

SUA LÁPIDE MERECE UM VERSO


ESTE QUE AQUI DESCANSA
FOI UM MÁRTIR DESOCUPADO
DORMIA DURANTE O DIA
PRA NA NOITE SEGUIR DEITADO.

ATENCIOSA DEMAIS


Dona Clara já estava cansada de viver na cidade grande, atordoada pelo barulho e pela violência diária. Através de uma amiga de longa data conseguiu uma vaga de trabalho no interior, na Farmácia Avenida em Santo Antonio do Pinheiro Preto. Tinha vinte anos de experiência no ramo, conhecia toda a lide. Porém sendo da capital, não conhecia as manhas do povo interiorano. Gente pacata, humilde, com vergonha de falar com estranhos. E assim o caso se deu. Antenor Luz chegou ao balcão e pediu aspirina. Dor de cabeça, dor de cabeça. Dona Clara querendo ser atenciosa, além de vender as aspirinas, observou manchas no rosto dele e disse que poderia ser câncer de pele, melhor seria consultar um médico. Já vira muitas coisas assim, uma manchinha de nada não tratada se tornava um enorme tumor. Precisava tratar o quanto antes ou elas poderiam gerar feridas e marcas horríveis na face. Antenor corou, saiu da farmácia correndo, deixou as aspirinas no balcão. Chegando em casa foi ao espelho. Após algumas olhadelas, aperta aqui e ali, apanhou o revólver e se deu um tiro na cabeça. Não deixou bilhete.

OS PISTOLEIROS


OS PISTOLEIROS

Lá nos cafundós do Mato Grosso, perto de onde o diabo perdeu suas cuecas, no final de uma estrada poeirenta e quase sempre vazia, moravam os irmãos Morais; Pedro 38, Paulo 35 e Batista 30. Eram solteiros e quando precisavam se aliviar iam até o bordel da Zefa, em Feliz Natal. Os irmãos Moraes criavam porcos e matavam gente. Mais matavam gente que criavam porcos. Matavam gente perto, matavam gente longe. O importante era a paga. Quem morria só interessava pelo preço. Faziam tudo bem feito; a justiça nunca triscou neles. Mais de trinta estavam na conta, bons lucros às funerárias. Não tinham sentimentos, pouco se importavam em deixar filhos sem pai. Eram pessoas rudes e sem bons sentimentos. A vida era assim; um serviço e depois meses de armas guardadas. O tempo corre... Certo dia chegou naqueles confins uma bela moça morena. Tinha brilho, belo sorriso e pernas roliças. Era quase noite e pediu um lugar para ficar. Com boas intenções eles acolheram a mocinha, acredite quem quiser. Foi uma noite e tanto. Rolou muito sexo e cachaça entre o quarteto. Todos dormiram embriagados e exaustos. Quando clareou o dia ela foi embora antes mesmo dos irmãos acordarem. Dela não mais se soube. Os irmãos?  Depois de alguns dias morreram os três de pinto podre.

Bill e Keneddy no inferno


Um homem morre e chega no inferno.

Lá, ele vê John Kennedy com uma menina incrivelmente feia. O homem se vira para o Diabo e pergunta por que John Kennedy está com essa pessoa horrível . O diabo responde: "Bem, John fez algumas coisas ruins em sua vida e essa é a sua punição."

O homem olha em volta um pouco mais e vê Bill Clinton com uma bela modelo. O cara espantado pergunta "O que Bill Clinton está fazendo com essa modelo?" O diabo respondeu: "Bem, essa modelo fez algumas coisas muito ruins em sua vida."

CANÁRIO DE ESTIMAÇÃO


CANÁRIO DE ESTIMAÇÃO

Seu João Maria tinha um canário, o Dodô, que trinava maravilhosamente, alegria da casa. Era o seu xodó. Num domingo em que João Maria foi à igreja, o gato da mulher deu um jeito e pegou o canário. Penas, sobraram penas e nada mais. Seu João até pensou em matar o gato, mas não. Fechou ele na gaiola e disse:
- Agora canta desgraçado! Você só irá sair daí quando cantar igual ao meu canarinho.
O gato até tentou, mas o máximo que conseguiu foi assoviar. Morreu de velho na gaiola.

“Não existe político bom por aqui. Temos apenas alguns mais ou menos.”(Ava Hiana)

CORREIO DO URUBU CAOLHO- Mano diz que dirigir o Flamengo sempre foi uma meta em sua carreira

“Marchamos todos para a morte; nosso destino agita-se na urna funerária; um pouco mais cedo, um pouco mais tarde, o nome de cada um dali sairá e a barca fatal nos levará a todos ao eterno exílio” (Horácio)

“Religião é algo que quando não arrebenta seu bolso faz estragos na sua mente.” (Filosofeno)

A SUSTENTÁVEL LEVEZA DOS CAVERNOSOS- Maduro discute narcotráfico e paz na Colômbia em encontro com o papa

“Quem não gosta de sombra e água fresca? Mas para isso é preciso empurrar os outros para o sol?” (Filosofeno)

“Quando o professor perguntou quem é o presidente da Romênia eu não vacilei: Conde Drácula. Zero!” (Limão)

“Não adianta dourar. Fosse o diabo presidente não faltariam para ele aliados. O desejo de poder cega os bacorinhos famintos.” (Pócrates)

“Nada é mais fácil que manipular um tolo.” (Filosofeno)

“Vivemos no mundo um momento delicado. Deixam os governos as raposas e assumem os asnos.” (Pócrates)

“Pelo berro de alguns não há ladrões no Brasil, só injustiçados.” (Climério)

“Não deixa de ser uma vantagem. Os adoradores do demo não pagam dízimo.” (Limão)

O INFLAMÁVEL- Assessoria de Imprensa informa que o capeta está presente na Copa das Confederações

“Prefiro ficar longe de multidões. A estupidez fica animada tendo companhia.” (Mim)

“Quer mudar para melhor o país? Então estude, faça boas leituras e fique informado. Quem sabe assim você aprenda a votar.” (Pócrates)

"Existem três categorias de povo cubano, ou seja, 1) aqueles que já foram para a prisão, 2)aqueles que estão agora na prisão, e 3) aqueles que vão estar na prisão".

Nada de discurso

O governador paraibano Ernane Sátyro tinha horror a discursos e resistia à tortura de um falatório. Certa vez, foi à posse solene de um sindicato porque prometeram que não havia discursos, mas, na hora agá, o presidente empossado sacou um calhamaço. Era o seu “improviso”. Num golpe rápido, Satyro tomou a papelada das mãos do sindicalista e despachou:

- Deixa que eu leio em casa.

E encerrou a solenidade.

Acho que não


Sponholz

Sponholz

O ESTRANGULADOR PLANALTINO- Para PSB, governo usa máquina para sufocar adversários políticos

A GAZETA DO RIO SUJO- É impossível limpar a Baía de Guanabara até 2016

“Bordéis: entrei e nunca mais saí.” (Climério)

“Patrão ruim quase sempre é casado com mulher feia e brava. Não rosna em casa, rosna na empresa. Descarrega nos outros o fato de ter desposado um canhão.” (Climério)

“Peço aos brasileiros que glorificam a vida em meu país que troquem de lugar comigo. Temos por aqui milhões doidos para dar no pé.” (Cubaninho)

“A realidade do comunismo é que os pobres são todos realmente iguais. Por aqui não há meio-termo: Ou se é pobre ou se é dirigente.”(Cubaninho)

“Quero entrar na universidade. Pretendo entrar pela cota dos feios.” (Assombração)

“Penso na morte para valorizar ainda mais o meu tempo por aqui.”(Mim)

Seguidores

Arquivo do blog