sexta-feira, 27 de setembro de 2013

“Sou vaidoso, preciso dar um trato na minha juba. Acho que irei fazer chapinha.” (Leão Bob)

Mestre Yoki, o breve

“Mestre, o senhor acredita na vida eterna?”
“De quem? Das bactérias?”

Mestre Yoki, o breve

“Mestre, o que ser sábio?”
“É aprender sempre e nunca pensar que sabe.”

“Os mortos são isso aí: mortos. Deu para eles, não agem aqui nem acolá. Só espero o mal vindo dos vivos.” (Filosofeno)

“Adoro ovelhas que pagam dízimos. Que se multipliquem!” (Helldir Macedo)

“Após criar o homem parei de beber.” (Deus)

"Ria animal, pois para quem chora os bancos não emprestam dinheiro." (Mim)

Nosso negócio é meter o pau na politicalha charlatã. Sem boquinha, sem patrocínio, só pela vontade de ver um país melhor.

Carga tributária absurda que não remete a serviços de qualidade não deveria ser paga. Quebramos todos até que restaure a moralidade, que os governos morram por inanição.

O MULA E O ASNO CONFIDENTE

O QUATRO PATAS APAVORADO- Após quinze anos, o analfabetismo volta a crescer no Brasil

País 'ganha' 300 000 analfabetos em 1 ano. 13 milhões acima dos 15 não sabem ler ou escrever. Dados são da nova Pnad, do IBGE.Acho que o pessoal está seguindo a cartilha do Lula...Vai que eu me torne presidente!

"Melhor que não ter o rabo preso, é não ter rabo." (Mim)

“Aqui em casa temos um divórcio em andamento. E eu sem ração.” (Bilu Cão)

“Sonhei com Margaret Thatcher acordei com Diulma. Não é fácil ser sonhador no Terceiro Mundo.” (Al Zhen Aimer)

VAMOS MOLHAR MENOS O BISCOITO? - Humanidade causa aquecimento global, indica painel da ONU

FILMES DUBLADOS: Não sou analfabeto, não compartilho essa ideia.

Vocês já perceberam o número de coisinhas que atrapalham a vida de quem deseja empreender ou apenas viver em paz? São leis velhas, novas e os tuteladores de mentes querem mais. Se intrometem em todos os assuntos, como se não soubéssemos pensar. O socialismo é assim: não pense, obedeça, o estado pensa e faz por você. O pior de tudo que a merda já está chegando no pescoço. Arre!

ALERTA- Este blog defende ideias liberais, portanto não faz bem à saúde mental de esquerdistas em geral.

"Marxismo é como caxumba: ou dá na idade certa ou deixa seqüelas." (Janer Cristaldo)

Cultura geral pífia.Será este o Brasil que queremos? Milhões de bestuntos à procura de um messias. Pensar para quê? Temos BBB, carnaval, futebol e bolsas-vadios. Basta!

Tome DILMEX, só assim você terá a sensação de que mora mesmo num paraíso.

O descaramento, a insignificância do pensamento, o jogo midiático chegou ao extremo. E grande parte da mídia comprada pelos milhões de patrocínio estatal fecha os olhos e entra no oba-oba.

Nossa oposição além frouxa é desunida.Todos jogam para para si e para perder.

Quem está no poder gostou do leite e faz de tudo para continuar com o bico colado na teta. E para que ninguém o tire de lá vai comprando suportes.

O lixão dos homens é aqui neste país. A mentalidade do atraso e o oportunismo saqueador devoram a nação.

JESUS À ESPERA

Políticos alagoanos bebericavam há horas, num bar, quando souberam que o então senador e hoje governador Teotônio Vilela (PSDB) teria sofrido um grave acidente de carro. Um prefeito, embriagado, sacou o celular e ligou para Vilela, mas quem atendeu foi outra pessoa:
- É Jesus… – respondeu uma voz que parecia do além.
- Cadê o Teo? – perguntou o prefeito aflito, referindo-se ao senador.
- Ele tá chegando… – informou a voz cavernosa.
O prefeito desligou, virou mais um copo e, tão pálido quanto triste, comunicou:
- O homem morreu mesmo…
Precisou curar a bebedeira para se lembrar que Jesus era o motorista do senador, e ambos escaparam ilesos do acidente.

A GAZETA DO PASTO APRESENTA MAIS UMA ANTA- ONU QUER DISTÂNCIA DE PETISTA ALOPRADA QUE VIROU RELATORA

As Nações Unidas deram “chega pra lá” na arquiteta brasileira Raquel Rolnik, relatora de Direitos Humanos para Direito à Moradia Adequada, a pela briga que ela armou com o governo britânico por causa da redução de auxílio-moradia. A ONU apressou-se em informar que o secretário-geral Ban ki-moon não indicou Raquel, que foi secretária de Programa Urbanos no governo Lula e hoje virou alvo de chacota na imprensa do Reino Unido pelos gastos e declarações extravagantes. Diz a ONU que Raquel Rolnik não tem vínculo com a entidade e só recebe pró-labore para as missões envolvendo o cargo. O jornal Daily Mail diz que Raquel gastou 300 libras numa noite em hotel de luxo, longe da ONU, preparando relatório contra o governo.
A irmã de Raquel revelou ao tablóide que, adepta do candomblé, a brasileira já fez ritual para “apaziguar o espírito de Karl Marx”.

INFELIMENTE A PRAGA DEVE CONTINUAR- Brasil tem poucas razões para reeleger Dilma, diz The Economist

Seguidores

Arquivo do blog