quarta-feira, 16 de abril de 2014

Acordar e dar de cara com cinco faturas de energia vencidas. Não tem preço.

Seguidores

Arquivo do blog