domingo, 20 de abril de 2014

E DAÍ?

A Câmara dos Deputados investigava, na década de 50, as ligações entre o governo Getúlio Vargas e o jornal “Última Hora”, de Samuel Wainer. O empresário Francisco Matarazzo foi convocado para depor e ficou sob a mira de Carlos Lacerda, na CPI:
- Sr. Matarazzo, o senhor deu dinheiro ao Samuel Wainer?
- Dei, sim – confirmou, sem pestanejar.
- E por que? – insistiu Lacerda.
- Dei porque o dinheiro é meu e faço dele o que bem quiser.
E a questão foi encerrada.

Seguidores

Arquivo do blog