sexta-feira, 11 de abril de 2014

“Minha infância foi muito pobre. Só comíamos carne quando uma penosa do vizinho caía no nosso quintal.” (Climério)

Seguidores

Arquivo do blog