segunda-feira, 28 de abril de 2014

“Somos mortais. Mortos, fedemos. Portanto não há motivos para gabolices.” (Filosofeno)

Seguidores

Arquivo do blog