sábado, 31 de maio de 2014

“Nem sempre a natureza é sábia. Concedeu-me um orgão sexual de tamanho comercial e uma língua de vaca.” (Climério)

Seguidores

Arquivo do blog