quinta-feira, 22 de maio de 2014

Presidente língua solta

O presidente Eurico Gaspar Dutra era um homem de poucas palavras e raramente se dirigia a auxiliares senão para falar o essencial. Certa vez seu ajudante de ordens, excitado, comentou com o chefe de gabinete:
- O senhor não vai acreditar! O presidente falou pelos cotovelos. No carro, me disse até “bom dia”.
- Nãããooo!… – o funcionário custava a acreditar
- E isso não é tudo! O presidente ainda comentou que estava muito calor.
Incrédulo, o chefe de gabinete completou:
- Nossa! Então foi um discurso!
DP

Seguidores

Arquivo do blog