segunda-feira, 21 de abril de 2014

“Sempre fui um péssimo aluno em matemática. Quando conseguia tirar um 3 na prova lá em casa quase acontecia uma festa.” (Mim)

“Infinitos são os números naturais e minha burrice matemática.” (Mim)

“Não tenho medo de adentrar em cemitérios. Durante o dia, deixo claro. Quando escurece me assusto até com calcinha no varal.” (Climério)

“Ainda bem que não somos eternos, porém alguns homens teriam feito muito bem em não ter nascido.” (Pócrates)

Dias de feriado são terríveis para os gulosos. Só servem para que ganhemos mais barriga e bunda.

Um petista não abandona outro, usa até algemas no seu lugar.

Já estou até prevendo o sono que passarei durante o dia.Mas remédio para dormir eu não tomo!

Se eu não sofresse de insônia não estaria aqui escrevendo bobagens. A culpada é ela!

Você já viu sua vó pelada? Nem queira!

FUGINDO DO SOLAR DOS SARNEYS- Detentos escapam de Pedrinhas por túnel; é a terceira fuga no ano

Se eu não fosse ateu diria que o PT é uma obra dos diabos.Arre!

“Escrevo algumas frases que novas parecem boas. Depois de passado algum tempo ao lê-las tenho vontade de passar urtiga na língua.” (Mim)

“Minha mãe queria que eu fosse padre. E eu saí um podre.” (Climério)

“Quando o dia está monótono, uma verdadeira chatice, nada como correr só de cuecas pelo quarteirão.” (Climério)

“Quando na sua vida a religião é mais importante que o riso é porque você já ficou bobo.” (Mim)

“Estive doente, mas estou melhorando, já resmungo sozinho.” (Limão)

“Todos são quase iguais perante a lei, depende muito dos honorários que o ilustre suspeito poderá pagar.” (Mim)

“Ter políticos iguais aos nossos. Tem um preço.” (Mim)

“Humano, logo às vezes minto.” (Mim)

SPONHOLZ

a charge 02

Seguidores

Arquivo do blog